O troca troca

Junia Turra: Ah, o que não faz uma mala preta.

Quem nunca mudou de opinião?

Porque trocamos de lado, sim.

Por enganos , trapaças que sofremos ou praticamos, diferenças que não se conciliam, por algo novo ou alguém novo.

Escolhas certas , erradas.

Não há caminho de volta.

Temos que ir adiante.

Aprender com os erros.

Fazer o mea culpa.

Pedir desculpas.

Pedir perdão a si mesmo e se perdoar.

Mas não perca muito tempo remoendo os males do mundo, os revezes.

E não adianta a inveja , a maledicência sua ou a dos outros com você.

Não adianta dar o perdido nas bobagens que faz.

A verdade sempre aparece.

Não se perca de si mesmo.

Mas ninguém foge à sua própria natureza.

Somos o que somos.

Não há mal que dure para sempre e nem mentira que perdure eternamente.

Paulo, o Apóstolo perseguia e matava cristãos.

Mudou de lado.

Morreu como um deles e por eles.

De algoz a santo.

Milagres acontecem, mas pra isso tem que merecer.

Omisso que fica com medinho e tira o fiofó da reta por comodismo e pequeneza?

Esquece.

A omissão não merece perdão.

Não perca muito tempo acreditando que você é santo.

Pau que nasce torto, morre torto.

Repito, "ninguém foge a sua própria natureza".

É como exigir que um palmeirense vire corintiano e vice-versa.

Ou que um flamenguista faça o mesmo.

O torcedor fiel por natureza não troca a camisa

Mas tem juiz .....

Ah, o que não faz uma mala preta.

Junia Turra

jornalista

Apoie a independência do nosso trabalho. Colabore com qualquer valor acessando: apoia.se/marcoangelifull

Mais de Junia Turra

Comentários

Mais em Política