Vegano é comido por planta carnívora ao visitar comunidade orgânica no Acre

Por Joselito Muller

ACRE – Distante da civilização, o estado do Acre ainda é um ministério para a humanidade, pois é lá que vivem os últimos dinossauros que sobreviveram ao meteoro, além de tribos de aborígenes e uma flora ainda quase completamente desconhecida pela biologia.

Ignorando todos esses perigos, o fotógrafo Paulo Pablo de Saulo Souza da Silva Silvano, 28 anos, que é vegano há pouco mais de um ano, se aventurou a embrenhar-se nas florestas acreanas, onde pretendia buscar novos sabores para suas refeições.

O que Paulo não esperava é que, em contato com a natureza, de onde pretendia extrair seus alimentos, ele acabaria sendo a refeição.

Paulo foi devorado por uma planta carnívora típica da região em que se encontrava e só foi salvo graças à eficiência do SAMU, que na região é administrado por uma tribo de índios.

“Eu ia caminhando na mata e não me dei conta que tinha plantas carnívoras por perto. Quando vi, já estava sendo atacado”, lamenta o fotógrafo.

Ele teve a perna devorada no ataque e se encontra fora de perigo.

“O lado positivo é que eu sempre fui muito fã do Roberto Carlos, e o médico disse que vai me dar uma perna mecânica igual a dele”, comentou.

* Sugerido por João Casas

O Lula Tá Preso, Babaca
O Lula Tá Preso, Babaca
Autor Joselito Muller

*Publicado originalmente no Re-União

Joselito Muller

advogado e escritor

Comentários

Mais em A Reunião