Entre nós com Marcos Resende

Babados sobre Enio Mainardi

Há pouco, eu e Marcos Resende falávamos sobre o Enio Mainardi.

Ele reclamava do Enio, que nunca respondia seus ‘bom dia’ e me saiu com essa:

A gente gosta dele pelo que ele é...

Eu tenho uma tia em Seattle que é um doce de pessoa, humildezinha, nem ego ela tem. rs

V. sabe da história da minha tia em Seattle?

No filme do Superman que tinha o Marlon Brando, o diretor teve um trabalho terrível para filmar a cena dele.

O cachê JUPITERIANO, o maior cachê da história do cinema, na época.

E o Marlon não aparecia para filmar.

A filmagem já estava no final do final e ele não aparecia.

Aí chegou o produtor do filme, já com o saco cheio e sugeriu ao diretor que tirasse o Marlon Brando.

"Não dá para pôr outro ator no lugar dele"?

Aí, o diretor saiu com essa: "olha, eu tenho uma tia, em Seattle, pontualíssima.

O que marcar com ela, titia aparece 1 hora antes"...

O produtor entendeu o recado e parou de encher o saco.

O Marlon Brando apareceu, foi o pai do Superman... e o filme foi o estrondo de bilheteria que você sabe.

Pois é, o Enio é o nosso Marlon Brando.

Abração, vou trabalhar.

*Voltei também ao trabalho, ainda me divertindo com a história.

E com a definição.

Mas tenho a impressão de que, fosse o Enio no lugar do Brando, ainda iria brigar com o diretor pra mudar toda a cena.

Marcos Resende

Jornalista, editor e publicitário

marcoangelifull

publicitário, artista plástico e cidadão

Apoie a independência do nosso trabalho. Colabore com qualquer valor através da nossa Vakinha virtual

Mais de Marcos Resende

Comentários

Mais em Arte e Cultura