O Brasil precisa voltar a trabalhar

Diego Agiane, presidente da Feira da Madrugada, em São Paulo, é o espelho certeiro da situação trágica de milhões de trabalhadores no país.

Representante de 30 mil pessoas que hoje entram em desespero, forçadas a ficar em casa e sem dinheiro para sobreviver e pior -sem possibilidade de lutar pela própria vida e de seus filhos trabalhando- Diego faz um apelo dramático às autoridades.

É preciso bom senso.

É preciso haver urgente um pacto social para que se estabeleça um equilíbrio viável entre economia e saúde.

Ou o Brasil vai parar.

E os reflexos serão sentidos durante anos.

Como disse Trump, o remédio não pode ser pior do que a doença.

Veja conosco, no vídeo, o depoimento certeiro de Diego:

É hora, finalmente, de colocar os canalhas que usam a pandemia em proveito próprio, e reunir quem tenha bom senso, boa vontade e patriotismo.

Pouco antes de escrever este texto, fui ao posto colocar gasolina no carro.

Lá, encontrei uma moça simples, vendendo balas de goma no pátio.

Bonita, arrumadinha, ao seu lado uma menina, sua filha, de uns dez anos.

Laçarote na cabeça.

Mariah é o nome da menina.

A mãe, de uns trinta anos talvez, me conta sua história.

Moradora de uma favela ali perto, perdeu tudo numa enchente.

Não tem fogão, mas cozinha com dois tijolos...sabemos como é.

Me conta que ontem conseguiu fazer um strogonoff e distribuiu entre os vizinhos que precisavam comer.

Quer que a menina, Mariah, estude, faça faculdade, seja alguém na vida.

Conhecendo -como conheço bem- a imundície desses políticos canalhas, saí daquele posto atordoado, mudo.

E agora...já nem sei como terminar este texto.

marcoangelifull

publicitário, artista plástico e cidadão

Apoie a independência do nosso trabalho. Colabore com qualquer valor através da nossa Vakinha virtual

Mais de marcoangelifull

Comentários

Mais em Gerais