A cobra mentirosa e as fake news

Joice Hasselman, mais para serpente do que para peppa.

Sempre fui relutante quanto à apelidos, especialmente aqueles que certeiramente apontam para aspectos físicos.

Vejam o caso de Joice Hasselman, pobrezinha, alcunhada e hoje conhecida nas redes sociais por Peppa, uma referência clara ao espaço por metro quadrado que ela ocupa no mundo.

Ora, isso é uma injustiça.

Afinal, não é provado que vinhos caros, mordomias ou uma língua ferina aumentem o tamanho de quem quer que seja.

Não mesmo.

Por outro lado, não tenho relutância alguma quanto à apelidos que se refiram ao aspecto moral de alguns indivíduos.

Vejam lula, por exemplo: a jararaca.

Nada mais perfeito, e vindo do próprio.

No aspecto moral -ou na ausência dele- Joice Hasselman se parece mais com uma cobra.

Uma grande cobra.

Uma cobra enorme, se quiserem.

Joice é desmascarada por suas mentiras continuamente, e produz mais e mais mentiras para se livrar das anteriores.

Ataca seus inimigos -antes 'amigos de infância', como Carlos Bolsonaro ou a Carlota Zambelli- com uma voracidade inacreditável.

Não faltam por aí as provas que apontam para Joice como criadora de perfis falsos nas redes, ou de um escritório comandado por ela para emporcalhar com mentiras seus desafetos.

Joice conhece bem o riscado, desde os tempos em que infernizava o pessoal da Veja como repórter.

Rasteiramente, dispara pra todo lado contra quem ouse desafiá-la, usando a regrinha básica de acusar os inimigos justamente pelo que faz.

E faz com propriedade.

Depoimentos e depoimentos de ex amigos, funcionários e conhecidos atestando sua arrogância, soberba e ambição proporcional a seu tamanho não faltam.

De maus tratos para com funcionários e amigos igualmente

Áudios -como recentemente aconteceu- vem à tona denunciando a nobre deputada por mentiras escancaradas e detalhadas.

Apesar de estar rolando ladeira abaixo, como seria mesmo de se esperar, não desiste.

Rebate a verdade com mentiras sempre e sempre.

Como uma enorme cobra enlouquecida, tenta engolir figuras bem maiores ética e moralmente do que ela.

Figuras, inclusive, a quem usou num passado recente na sua incansável busca pelo poder, grana e vinhos caros.

Finalmente, se ela pegou ou não o pedreiro não sei.

O que sei é que a moçoila é mesmo uma enorme cobra rastejando pela política brasileira, já infestada por ratos.

Joice não liga para eles, parceiros de carreira que são.

Quer, como sempre, mais do que suas mãos conseguem alcançar.

Bichos maiores.

Assim, ataca a quem tem poder, na esperança de se promover.

Mas só tem tido indigestões ultimamente, ao atacar a Carlota, Carlos Bolsonaro ou Bia Kicis.

Sempre com mentiras.

E mentiras, como dizia minha saudosa avó, tem pernas curtas.

E cobras...bom, cobras sequer tem pernas.

Logo, Joice chegará ao final da ladeira.

Espero -mas acho que não- que tenha estocado seu precioso vinho para os dias difíceis.

Porque eles estão próximos, muito próximos.

Em breve, a cobra só poderá usar seu veneno contra si própria.

Em tempo: dizem por aí que a moça adora fazer montagens irônicas.

Espero que goste desta.

marcoangelifull

publicitário, artista plástico e cidadão

Apoie a independência do nosso trabalho. Colabore com qualquer valor através da nossa Vakinha virtual

Mais de marcoangelifull

Comentários

Mais em Política