O GOLPE DESENHADO

Senado e STF unidos na ilegalidade

O aparente 'silêncio covarde' do senado, encarnado na figura de seu presidente, Rodrigo Pacheco, não tem nada de emocional ou relativo à frouxidão moral do personagem.

É um cálculo frio.

O objetivo, agora escancarado, é a união de dois Poderes, Judiciário e Legislativo, para derrubar o Executivo.

O apoio e cooperação entre o Senado e o STF, no endosso pelos senadores às ilegalidades do Judiciário é claro e transparente, bem debaixo do nariz dos brasileiros.

A Constituição brasileira é colocada de lado diáriamente pelo judiciário, com o aval tolerante do senado.

O caso de Daniel Silveira é emblemático e marca claramente seu uso por esses poderes que conspiram para provocar uma ruptura institucional e impedir o presidente de disputar a reeleição.

Senado e STF abandonaram as máscaras e afrontam diretamente o Poder Executivo.

Quem ainda acreditava que a corda se esticava observa atônito que ela acaba de se romper.

Um ministro do Judiciário, Barroso, extrapola suas atribuições legais, militando políticamente contra o Poder Executivo.

Outro, Moraes, passa por cima das leis desafiando ostensivamente o poder do mesmo Executivo.

A ideia é provocar e isolar o presidente, causando um conflito institucional que pode tirá-lo do jogo e eleger sua marionete, perpetuando a corrupção e privilégios da velha política.

Lula é só o que eles tem nas mãos, mas isso não é problema.

Colocaram outro demente nos EUA.

O dilema do presidente nos próximos cinco meses estará entre o jogo dentro da legalidade contra um inimigo que não respeita regra alguma -a Constituição- ou jogar fora dela, o que não é opção de forma alguma.

A saída para esse impasse histórico e decisivo estará nas mãos do presidente, como estadista, e da maioria do povo brasileiro que o elegeu e apoia.

marcoangelifull

publicitário, artista plástico e cidadão

Apoie a independência do nosso trabalho. Colabore com qualquer valor através da nossa Vakinha virtual

Mais de marcoangelifull

Comentários

Mais em Política