Onde foram parar os ratos afinal?

Onde foram parar as corajosas amazonas de esquerda que comiam marmita na mesa do presidente da Câmara?

Nestes dias eu me perguntava, cá com meus botões, onde tinham ido parar certas figuras que infernizaram a vida do país nos últimos 10, 12 anos.

Gleisi Hofmann, Lindbergh, Jaques Wagner, Rui Falcão (lembram desse?), Mercadante, Bezerra, a iluminada, Jandira, Maria do Rosário e dezenas de outras figurinhas carimbadas estão num estranho silêncio.

Dizem os entendidos que conspiram no porão para voltar gloriosamente ao poder quando conseguirem soltar -ou manter preso, não se sabe muito bem- o seu mentor, lula da silva.

Na verdade, o problema é que junto com o poder se foi a chave do cofre.

Hoje, sem a possibilidade de usar a rodo dinheiro do povaréu, deu ruim.

Onde foram parar as corajosas amazonas de esquerda que comiam marmita na mesa do presidente da Câmara -ou onde lhes desse na telha?- desafiando o mal e o fascismo?

E eis que vejo que Gleisi Hofmann ressurge das cinzas para novamente promover um de seus barracos histéricos ontem no plenário da Câmara dos Deputados.

Nada de novo: a Policia Civil de São Paulo descobriu a ligação de um traficante com advogados do PT autorizados inclusive por assinatura da excitada deputada.

Como é seu costume e de outras esquerdopatas, Gleisi subiu nos tamancos, partiu para as ofensas contra Moro e Bolsonaro, e ameaçou processar quem acusasse o PT.

Ora, ora, só Gleisi mesmo é que ignora neste país a ligação do PT com o crime.

Como ratos que de repente vão morar em casa de gatos, a ralé petista correu pra suas tocas e procura ficar quietinha, conspirando.

Volta para o mesmo porão de onde veio, saindo apenas para eventualmente para tentar se defender quando acusados e esbravejar mentiras e ofensas nos ventos de Brasília e do país.

Fico ainda imaginando como deve estar fritando a pequena CPU instalada no cérebro do militante petista pau mandado nas ruas, já que a ordem obedecida de gritar ‘lula livre’ acaba de ser mudada subitamente para ‘lula preso’.

Concordamos que a memória instalada nessas CPU é bem fraquinha, mas mesmo assim a assimilação da nova ordem é difícil e penosa.

Afinal, como fica para os pobrezinhos vermelhos que fizeram vigília e durante um longo ano se arrastaram pelas ruas esbravejando ‘lula livre’?

Vão passar vergonha agora?

Ou mudar os cartazes simplesmente como se não fosse nada?

Além disso, para agravar a situação, acabou o sanduba de mortadela, justa recompensa.

Em tempos de vacas magras, a esquerda já não recompensa seus miolos mole.

Ela própria, inclusive, caminha junto com a vaca.

Para o brejo político.

Enfim, a moral da história toda é que, entre todos os benefícios trazidos pelo novo governo a este sofrido país, o de ter calado essa fauna política é um dos mais importantes.

Correndo, se enfiaram novamente em suas tocas.

Só saem para guinchar eventualmente, como acaba de fazer Gleisi.

Ninguém, realmente, sentiu sua falta.

Nem os comparsas, que tocam a vida roubando o que podem e como podem.

Mas eles existem ainda, teimosos, apesar da constatação de que o PT já morreu faz tempo.

É só um zumbi perambulando por Brasília.

E fazendo o que costumam fazer os zumbis em filmes classe B: encher o saco do povo, babar e grunhir coisitas incompreensíveis.

Exatamente a performance de Gleisi, a amante, ontem.

marcoangelifull

publicitário, artista plástico e cidadão

Apoie a independência do nosso trabalho. Colabore com qualquer valor acessando: apoia.se/marcoangelifull

Mais de marcoangelifull

Comentários

Mais em Política